assessoria jurídica imobiliária

Assessoria jurídica: como contratar para sua construtora?

O mercado imobiliário está em constante expansão e inúmeras tratativas realizadas pelas construtoras representam riscos. Desta forma, a assessoria jurídica é uma forma de se precaver para possíveis acontecimentos no âmbito judicial. 

Esse serviço colabora para que os passos na hora de vender um imóvel sejam feitos dentro da lei, atendendo às regras vigentes. Também garante segurança às empresas em casos de desistência, como o distrato imobiliário, por exemplo. 

Foi pensando nisso que preparamos esse texto mostrando o que considerar na hora de contratar um serviço de assessoria. Continue a leitura para mais informações. 

Por que contratar o serviço de assessoria jurídica? 

Trata-se de um serviço prestado por um advogado ou um escritório de advocacia para construtoras. O objetivo principal é garantir segurança e apoio jurídico a essas empresas em diversas ações realizadas por ela. 

A assessoria jurídica imobiliária é um cuidado preventivo, já que a ideia é evitar dores de cabeça e prejuízos financeiros. Além das construtoras, que é o foco principal, outras empresas do setor podem aproveitar do serviço, como:

  • condomínios;
  • corretoras;
  • administradoras;
  • e incorporadoras. 

Esse serviço engloba diversas áreas do direito, como a civil, da família e, claro, o imobiliário, fora outros campos. 

Passo a passo para escolher o escritório

O serviço de assessoria jurídica é uma estratégia importante e preventiva para a sua construtora. Por isso, o escritório que irá assessorá-lo deve ser escolhido com total cautela.

Listamos x passos que ajudarão você a encontrar um escritório capaz de prestar esse serviço com eficiência. Confira. 

1) Entenda o que a sua construtora precisa

A assessoria realizará uma série de serviços jurídicos para a sua construtora. Sendo assim, é interessante avaliar o que é necessário em relação ao trabalho realizado pelos advogados. 

Faça um levantamento de ações que são comuns na rotina da empresa, entre os serviços mais procurados estão:

  • regularização de imóveis;
  • elaboração e análise de contratos variados; 
  • assessoria para aquisição, venda, locação, incorporação, entre outras atividades; 
  • suporte jurídico para financiamentos; 
  • entre outros. 

2) Pesquise e busque referências do escritório de assessoria jurídica

Contar com uma empresa de confiança e especializada em direito imobiliário como parceira é primordial. Esse é um trabalho delicado cujo objetivo principal é a segurança jurídica da construtora. 

Desta forma, pesquise sobre a reputação do escritório e seu histórico de atuação. Também é interessante ter referências de outros clientes e como são atendidos pela equipe. 

Ao fazer isso, você terá consciência sobre a credibilidade e atuação da empresa, visando entender se ela consegue lhe atender.

3) Os advogados devem ser especializados em direito imobiliário

De modo geral, a assessoria jurídica irá lidar com questões imobiliárias frequentemente. Mesmo que algumas ações esbarrem em outras áreas do direito, é essa a predominante. 

Por conta disso, é necessário que os profissionais tenham especialização em direito imobiliário. Deste modo, saberão lidar de maneira adequada com as questões que possam surgir ao longo da parceria. 

Os advogados terão o conhecimento necessário para os trâmites legais, agindo da melhor forma para o sucesso das ações. 

Se a sua construtora ainda não tem o apoio de uma assessoria jurídica, está na hora de contratar esse serviço. Nós da Guimarães Santucci podemos ajudá-lo! Clique neste link para falar com a nossa equipe. 


Comentários estão desabilidatados para este post